28 de março de 2010

PAM



Hoje, se me desse a louca e eu fosse andar com uma placa pendurada no pescoço seria: "Cuidado, cão raivoso!"
É sério! Acordei virado!
Sabe aqueles dias que você acorda e tem vontade de voar no pescoço do primeiro que te diz "Bom dia!"? Então, tô assim!
Muita coisa tá contribuindo... desde pessoas me olhando com cara de bunda como se eu estivesse com a roupa toda cagada, até ver coisas que eu não queria por enquanto... e também outras coisas como pessoas que são meio "irgh" [estrelinhas]
Dá vontade de chegar e falar: "Você quer ou não quer? Anda! Decide!"
Mas eu tenho que me controlar... é que estou um pouco sem paciência hoje.
Falo que estou de TPM: Tensão Pós Muzik
E ainda tem uma pessoa que entra na internet e não vem falar com você.
Aí eu fico pensando se realmente vale a pena todo esse meu estresse... se vale a pena eu fazer isso só pra me satisfazer por um dia...
AAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHH
Vontade de mandar todo mundo pr'aquele lugar!

Mas vai passar...
Vai passar...
[eu espero]

25 de março de 2010

Houston, we have a problem!


Sim, hoje é o dia do meu aniversário...
E eu estou feliz?
Não... não muito... eu ia comemorar com meus amigos, sabe? Fiz até um convite especial pra eles, convidando pra sair pra algum lugar, mas aí todo mundo começou a falar que não ia porque era quinta-feira e tal e coisa e coisa e tal... aí eu desisti de comemorar...
Tô chateado ainda...
Poxa, é meu aniversário e parece que ninguém dá valor a isso...
Eu não estou querendo ser o centro das atenções, mas é que.... aaaah... a gente só faz 19 anos uma vez na vida e eu queria comemorar esse momento...
Eu, sempre que possível, tento comparecer aos aniversários de meus amigos, porque acho que é uma data especial e importante para cada um de nós.
Mas acho que vou passar meu aniversário como um dia qualquer mesmo... sem grandes coisas...
Pra terem uma ideia, tenho consulta na dentista marcada para 17:30 no DIA DO MEU ANIVERSÁRIO!!!
Enfim...
Até agora só recebi 4 felicitações...
Isso porque nem foram dos meus melhores amigos, que sabiam que eu estava online e mesmo assim, nem se tocaram...
Sim, eu fico carente nesse dia. PRINCIPALMENTE nesse dia.

Olha, acabo de ver algo curioso no meu quarto. Uma joaninha voando em volta da luz.
Dizem que joaninhas trazem sorte...
Será que terei um dia sortudo?
Se bem que ter consulta de dentista marcado no dia do seu aniversário não pode ser considerado um dia com "sorte".
(Isso me lembrou essa música)

Mais um ano de vida!
Ou como diriam os pessimistas: Menos um ano de vida!
Esse eu quero viver mais intensamente do que os outros que já vivi. Isso é uma promessa.
E olha, se eu for julgar meu 19º ano de vida pelo começo desse ano de 2010, posso ter a certeza de que será um ano intenso.
Não que seja sempre bom... mas será intenso.

Bem, é isso...
MEU ANIVERSÁRIO!!!

UPDATE:
Vi esse vídeo e tive que postar ele NESSE post!
Infelizmente é da Coca-Cola, mas não estou fazendo "apologia", só curtam a mensagem...

23 de março de 2010

22 de março de 2010

Queria ser blasé...

Mais uma madrugada perdida com meus pensamentos e com a constatação de que as coisas realmente mudaram. Os que deviam ser só amigos, enfim ocuparam seus lugares de fato.
Sabe, eu agora estou tentando levar a vida, estou correndo atrás e não apenas esperando (just waiting), mas as vezes me parece que estou correndo para o lado errado...
Estou meio que correndo como um desesperado, ou como diria aquele ditado popular: como cego em tiroteio.
Eu preciso de uma direção... não dá mais para ficar correndo atrás da primeira condução que passa. Estou tentando de verdade mesmo dar uma guinada e reverter o jogo...
Como é difícil isso, não?

Ter torcido o pé e ficar de molho justo na semana do meu aniversário me deixou bem chateado. Com vontade de chegar na janela e gritar "Thanks God!". Meus planos para essa semana foram sim por água abaixo... e olha que eu tinha planos! Só hoje tive que "recusar" dois convites, um parque e um cinema...

E porque eu me preocupo com os outros? Ainda mais sendo desconhecidos...
Esse era o ponto que eu queria chegar nesse texto. Simplesmente eu me "apego" muito fácil as pessoas, mesmo se eu a conheci há uma semana...
Fico parecendo ridículo. Sempre pareço ridículo.
Mas ver alguém com uma "depressão dominical" me deixa um pouco pra baixo também, e eu falo sério...
Pode parecer que estou querendo aparecer, mas não é não...

Tenho a impressão de que estão querendo botar banca comigo e aí, analisando meus atos, estaria eu também  botando banca?
É que estou tentando ser mais reservado... não me expor tanto logo de cara. Mas é difícil, porque eu digo o que tenho que dizer, e o  que estou sentido. Não consigo ser uma fortaleza o tempo todo...
Sou eu sempre atrás da tentativa de ser feliz.

As convenções da sociedade que fazem isso comigo.
Eu quero me preocupar sim com uma pessoa desconhecida, mesmo que ela não esteja ligando pra mim, ou então botando banca.
Eu quero ser feliz. Quero encontrar alguém que me entenda, porque cansei das tentativas.
Mas parece que isso é incompreensível para a maioria das pessoas...
Ser franco e verdadeiro e sentimentalista e transparente demais como sou me coloca em uma situação delicada.
Me sinto um manequim despido na vitrine de uma loja que todo mundo passa e olha com espanto.
Auto-declarar-me "fácil de lidar" me deixa em uma posição desfavorável com as pessoas, que devem pensar que sou submisso às vontades alheias...
Mas não é bem por aí não. Tenho pra mim que ser "fácil de lidar" é uma pessoa que sabe aceitar o jeito dos outros, uma pessoa que sabe ouvir sempre que preciso e que procura ajudar em que pode.

Simplesmente ver se aproximando mais um aniversário me entristece ao olhar pra trás e ver que não fiz muitos avanços em alguns setores da minha vida... Mas o que conta é sempre olhar pra frente e tentar mais uma vez isso que chamam "ser feliz".

E mais uma semana começa. Mais uma estação começou. Mais um ano se completará.

Viver!

17 de março de 2010

Better Together

Não estou fazendo propaganda do site, que fique claro isso.


8 de março de 2010

Just a city boy

Faz tempo que quero atualizar o blog, mas eu queria colocar um conto, ou algum texto ficcional, mas não um sobre mim, novamente...
Mas estou percebendo que só vai sair isso mesmo.

...

Eu só queria ter a certeza de que ao me declarar, eu não perderia uma amizade que prezo tanto...
É difícil estar gostando de alguém que você antes de tudo, sente muito carinho como amigo, e eu não estou confundindo meus sentimentos.
Não dessa vez.
Eu aguardo o momento certo...
Mas tenho medo disso ser um erro...
E fazer parte das coisas que a pessoa preferiria esquecer...
Como muitos outros "erros" do passado...
Mas há quem diga que formamos um casal "perfeito"...
É cada vez mais dolorido...
Está cada vez mais dolorido...

Eu não quero mais sofrer...
E pra isso eu só queria ter uma certeza.
SÓ UMA:
A de que a amizade nunca acabaria...